sábado, 17 de abril de 2010

Comentários

Olá,

pois é... Eu, um Anjo de Deus... Resolvi criar este blog e divulgá-lo para que todos conheçamos os nossos "amigos" caloteiros.

Pessoas que brincam com a nossa vida, o nosso trabalho e o nosso dinheiro, que levam muitas empresas à falência e que não olham a meios
para atingir os seus fins.

Acho que está na hora de atenuar esta "praga" que temos, que sempre tivemos e possivelmente iremos continuar a ter no nosso País, desta forma, temos acima de tudo a obrigação de nos ajudar mutuamente.

Este blog é direccionado a todas as actividades empresariais, a pessoa que divulga a sua história não precisa de se identificar (só se assim o entender), no entanto é essencial que divulgue o nome da pessoa e da empresa que o prejudicaram.

Este blog só faz sentido se TODOS contribuirmos...

Eu já fiz a minha parte.

Abraço,
Anjo de Deus


22 comentários:

António Matos disse...

Boa tarde,

é assim mesmo!!!

Fico muito contente por alguém se ter lembrado de fazer algo assim.

Tenho uma empresa de construção civil e da próxima vez que me acontecer alguma coisa do género (espero que não) será publicado aqui neste blog.

Cumprimentos,
António Matos

Maria disse...

Olá Boa tarde,

antes de mais quero felicitar e agradecer o "Anjo de Deus" pela criação deste blog.

Chamo-me Maria Alves, tenho uma empresa de marketing publicitário há cerca de 7 anos, e como devem imaginar tenho tido também alguns problemas com certas e determinadas pessoas que não se portam correctamente no mercado.

O meu testemunho, vai para uma empresa situada na Póvoa de Lanhoso, que tem a designação de BRINDYPÓVOA, e que me fez uma encomenda recente de ementas.

A encomenda foi devidamente produzida e enviada 3 vezes sem sucesso, mentiras atrás de mentiras, dinheiro gasto em telefonemas e portes de envio, até que cheguei à conclusão que não valia a pena continuar mais a manter aquela falsa encomenda.

A conclusão a que cheguei é que pelos vistos ainda existem pessoas que gostam de brincar com o dinheiro e o trabalho de outras...

Tenham cuidado.

Vou ficar atenta a este blog...

Muito obrigada,
Maria Alves

Paulo disse...

Olá a todos,

louvo o blog e a pessoa que está por trás dele!

Deixo apenas uma pergunta no ar...

Acham bem que quando um cheque vem para trás por falta de provisão, o lesado ainda tenha que pagar ao seu banco 10, 15, 20 ou 25 euros, valor esse que varia de instituição para instituição?

Será que já não chega o prejuizo do próprio cheque?

Tudo isto me leva a crer que quem é desonesto é que está certo.

Até à próxima...
Paulo

Armindo Campos disse...

Boa tarde,

acham mesmo que isto vai adiantar alguma coisa?

Vou esperar para ver..

Se vir que o resultado é positivo, tenho uma boa lista para a colocar aqui...

Ah... É verdade, tenho uma fábrica de candeeiros.

Até breve,
Armindo Campos

Anónimo disse...

Boa tarde e parabéns ao mentor deste blog. Também eu tenho uma empresa de publicidade em vias de pedir a insolvência porque tenho + de 100.000€ na rua dos quais + de 70.000€ já incobráveis porque já se deram as audiências e os fulanos nada teem em seu nome, por sua vez me levaram também a estar em falha com 3 fornecedores, mas que estou a honrar a minha palavra com eles, só estou e irei ficar para sempre em falha com o fisco e S. Social, pois com esses não irei cumprir mesmo, pois em vez de nos ajudarem, ainda nos enterram +, e tudo isto porque muitas empresas e tambem nomes individuais andam neste mundo para gozarem com o nosso trabalho e a nossa honestidade, e que com a ajuda destes mesmo vigarista também ela(honestidade) começa a ficar ameaçada.

Cumprimentos
J. C.

Anónimo disse...

desculpem o encomodo mas só tenho + uma coisa a partilhar convosco, eu na montra da minha loja coloquei num painel electrónico com nomes sonantes de caloteiros, e passados menos de 24H comecei a receber telefonemas anónimos e com ameaças de arrepiar, agora até já me deixam bilhetes com ameças no parabrisas do meu carro, mas os espertos não escrevem manual, pois é letra de computador e não será da mesma pessoa porque uns são impressos a jato de tinta e outros a lazer, a PJ já está a investigar, mas já me disseram que não vai dar em nada. por isso me convenso + que o crime compensa.

Cumprimentos
J. C.

Anjo de Deus disse...

Boa tarde J. C.,

desde já aproveito para agradecer as suas palavras e o seu comentário, no entanto é essencial que os participantes do blog divulguem o nome das pessoas e empresas que os prejudicaram, mantendo-se porém (se assim for o caso) sempre no aninomato.

Só desta forma, é que nos podemos ajudar mutuamente...

Espero sinceramente que consiga resolver os seus problemas.

Abraço,
Anjo de Deus

José disse...

Amigo Anjo da Guarda, obg pelo apoio, vou já deixar aqui alguns dos nomes que me estão a dever, alguns deles já foram para Angola e outros para o Brasil (agora está na moda).
EGI-Impacto de Miguel Sérgio Bento Velho - Guarda (revendedor ficou a dever + de 20,000€) Empresa de transportes Expresso 30 de Jorge Muxagata -Guarda (+ de 3,500€) Salsicharia dos Foios de Manuel Nunes André -Foios Sabugal (+ de 3,500€) Rafael Kuingel - Guarda (era meu vendedor + de 6,000€) Nazaré Pestana Artes Gráficas - Sabugal ( + de 1,000€) António Dias - Guarda (era meu vendedor + de 2,000€) Feitos & Feitios - Guarda (+ de 500€) Creartecôa - Sabugal (+ de 1,300€) Francisco Castanheira - Guarda ( + de 800€)Serralharia Marques _ Panoias Guarda (300€) António Carlos da Silva Marques - Rio Diz Guarda (+ de 700€) este é só pelo abuso e disse que me dava um tiro se lhe volta-se a pedir o dinheiro, Carlos Pragana - Guarda (170€) um oficial de justiça do tribunal da Guarda e sua esposa (275€) João Tomé Restaurantes Digujá - Guarda (+ de 13,000) Construções Paulo - Relvas Covilhã (+ de 7,500) estes são alguns dos que tenho aqui á mão mas a lista é muito mas muito + longa, agora digam que é que subreviver assim sem perder a cabeça!! pois eu já a perdi algumas vezes ao ponto de quase aniquilar e acabar com alguns vigaristas. depois destas publicações vou por o link deste blog no meu painel electrónico e esperar pelas reacções.

cumprimentos
J. C.

Anjo de Deus disse...

Amigo José,

sem comentários ao seu comentário...

Abraço,
Anjo de Deus

ckantilal disse...

Bom dia,

Queria agradecer ao Anjo de Deus por esta iniciativa.

Faço parte da gerência de uma empresa da área do marketing publicitário e estou bastante feliz por uma iniciativa destas acontecer em Portugal.

Vou passar a comentar frequentemente este blog.

Bem hajam!

C

ckantilal disse...

Boa Tarde,

Faço parte da administração de uma das maiores empresas do ramo da publicidade-objecto.

Como devem imaginar tenho imensos casos para comentar.

Vou passar a comentar frequentemente neste blog.

C

Anjo de Deus disse...

Boa noite,

seja bem-vindo ckantilal ao nosso blog.

Abraço,
Anjo de Deus

Anónimo disse...

Bom dia, acho muito bem que os nomes dos faltosos sejam aqui expostos, eu tenho uma lista infindavel de gente que me está a destruir, que mais tarde vou publicar, mas neste momento o que me está a afundar é o nosso governo que me comprou imenso material para a campanha eleitoral de ouubro e até agora não pagou nem temm previsões de pagamento, já não me chegava os piratas que andão por aí que até o nosso governo quer acabar comigo, e muitas mais empresas que estão na minha situação, é uma vergonha!
A.

dina disse...

Boa tarde! Penso que a ideia é louvável mas há algo que não me parece correcto: As pessoas que queiram denunciar casos deveriam obrigatoriamente identificar-se. Afinal, convém ter em conta que também há gente com más intenções e poderá usar este espaço para denegrir a imagem de inocentes sob a capa do anonimato. Eu recomendaria que, quem quiser denunciar alguém, deverá identificar-se claramente. Se não estiver disposto a expor-se não deve expor os outros sem lhes dar oportunidade de defesa, certo?

Guilhermina Parrequeira disse...

Este blog é para todo o tipo de caloteiros?

Anjo de Deus disse...

Boa tarde Guilhermina,

existe mais do que um tipo de caloteiros?

Abraço,
Anjo de Deus

Anónimo disse...

Quem acusar tem que estar bem identificado pelo gestor do blog e assumir a acusação. Assim evita-se as acusações por vingança, dor de cotovelo e concorrência. Acho que me fiz entender. (Nota: Estou como anónimo por não me ter registado.)

Anjo de Deus disse...

Bom dia Anónimo,

ainda está a tempo de se registar e se identificar perante o que acaba de comentar...

Afinal, podiamos começar por si a nova "era" no blog na base da identificação, o que acha?

Abraço,
Anjo de Deus

Anónimo disse...

vou tb postar aqui uns caloteiros da zona centro perto de aveiro

Anjo de Deus disse...

Olá a todos,

em virtude de ter recebido imensas mensagens e e-mails, devido ao facto de os participantes poderem fazer os seus comentários em profundo anonimato...
Tomei a decisão que a partir desta data só irão para o "ar" os comentários que estiverem devidamente identificados, com o nome do participante, e-mail e nome da respectiva empresa.
Este blog foi construido a pensar na ajuda mútua que poderia oferecer aos seus participantes, no entanto, a sua transparência é obrigatória e fundamental.
Apelo à vossa compreensão.

Abraços,
Anjo de Deus

Anónimo disse...

Caros Leitores,

Vou tentar abreviar ao máximo o meu depoimento.

Tenho uma empresa de Publicidade e Serviços do Distrito de Setúbal desde 2000. Em 2004 encontrava-me em situação económica dificil por ter incobraveis na ordem dos 60.000€, a empresa facturava muito, não olhava a pormenores como: "será que vou receber este trabalho que caíu aqui de paraquedas". Até que um dia perdemos um cliente para a concorrêcia da forma mais saudável e justa que conheco, não por preço mas por qualidade de trabalho e serviço, superior á que possuiamos na nossa empresa...de louvar, por obra do destino essa empresa é hoje um dos meus bons clientes, uns gestores exemplares uma pessoa com um caracter invulgar o Exmo. Sr. José Pinto "Empresa - Edigma Healtcare, Lda. "parece-me justo não só identificar maus empresários tal como os bons." - "coisas do destino".

Foi então que a minha Empresa em apenas dois meses com três bons Colaboradores se viu na necessidade, para não vir a prejudicar terceiros, chegar a um acordo com os colaboradores e foram dispensados, passo seguinte reduzir todas as despesas ao minimo possivel, inclusivé a venda de bens pessoais como viatura e outros, para conseguir honrar os compromissos com fornecedores. Inicia-se então uma "exterminação" na base de dados de clientes que rondava os 480 elementos...para 238.

Só estes 238 eram clientes para quem a minha empresa estariam em condições de serem trabalhados devido ao facto de serem empresários correctos e de palavra.

Posso dizer que a precisar muito de dinheiro, recusava trabalho..pois as minhas condições para novos clientes era de 50% adj /50% na entrega. Que pensa fazer publicidade tem que ter dinheiro ou reduz o investimento, agora fazer publicidade com o meu investimento NÃO...Os Banco é que financiam.

A pouco e pouco a minha motivação foi aumentando, a vontade de trabalhar cresceu, com muito sacrificio a trabalhar cerca de 13 a 14 horas diárias consegui colocar a minha empresa a cima da linha de água novamente...mas não alterando as minhas condições de trabalho "friso novamente". E todos os investimentos que fiz a partir daí foram sempre com o fundos da empresa, não recorri mais a bancos, pois levam, a par com o Estado uma gorda fatia do nosso suor diário, utilizei a máxima, "Não tenho dinheiro não tenho ideias". e fui levantando a minha empresa.

E posso garantir que até hoje nunca me faltou trabalho pelas regras estabelecidas pelo contrário, o cliente que quer pagar após a minha coragem nesta altura de "crise" ganha uma confiança tremenda no nosso trabalho não abdicando de nos contactar sempree, sabendo ele que aqui só pode vir se vier com boas intenções.


LMCE
Setubal

Paulo Coelho disse...

Olá muito boa tarde,

aqui fica o meu contributo ao vosso blog...

Desta forma quero que conheçam o MAIOR CALOTEIRO DA PENINSULA IBÉRICA... (tenham cuidado!!!)

A empresa tem a denominação de INTERROGAÇÃO - UNIPESSOAL, LDA. e é muito mal gerida por um canalha que tem por nome FRANCISCO CABRAL (devia ser cabrão e não cabral) PINTO.

Este canalha, além de ficar a dever ao fornecedor ainda goza com o mesmo, assim sendo, tudo me leva a crer que este individuo tem duas profissões... Além de ser CALOTEIRO, pelos vistos também é PALHAÇO!

Duas profissões = dois ordenados, não percebo qual a razão de não pagar pois dinheiro não lhe deve faltar!!!

Tenham muito cuidado com este cão, pois este é dos que ladra mas também morde...

Abraços,
Paulo Coelho